Receba GRÁTIS dicas de felicidade!
author

Como mudar o mundo

Seu comentário


Estamos vendo o “Brasil do jeitinho” desmoronar em um terremoto gigantesco.

O pais vive um momento histórico onde todos nós, brasileiros de bem, indignamo-nos com tanta corrupção de políticos, venda de favores, falta de ética e roubalheira.
Porém se buscarmos ver o lado positivo de tudo isso, estamos no momento da maior transformação cultural e ética de nosso pais. E isso é muito bom.
Estou certo que vamos construir um Brasil muito melhor, onde todos sigam as leis e as servidores públicos trabalhem de fato pelo bem de todos ao invés dos seus próprios interesses. Onde cada um de nós também possamos nos preocupar com os outros mais do que com nós mesmos. 
Por tudo isso, convido você a também fazer parte de uma grande mudança.
Não vivemos no mundo que desejamos, mas podemos construí-lo de uma maneira muito mais rápida do que imaginamos.


Haley Osment - Cenas do Filme Corrente do Bem

A ideia é simples muito poderosa.
Você ajuda 3 pessoas fazendo algo que elas não podem fazer por elas mesmas.
Por essa ajuda, peça apenas que a pessoa também ajude outras 3 pessoas, criando uma corrente do bem.
O crescimento desses gestos de bondade segue uma progressão geométrica e poderá atingir a todos no mundo.

Ajudando 3 pessoas e cada uma delas ajudando outras 3, logo atingimos 9 indivíduos.
Se esses 9 continuarem ajudando 3 sucessivamente, teremos. 27, 81, 243...
Com apenas 21 repetições como essa, chegaremos a mais de 10 bilhões de pessoas. Ou seja, mais do que a população mundial.


Essa ideia virou um filme excelente, Pay It Forward (Corrente do Bem no Brasil) com Kevin Spacey, Helen Hunt, Haley Joel Osment que vale a pena assistir.

Resenha do Filme Corrente do Bem (Pay it forward)

O filme A corrente do bem retrata a história de um professor e de seus alunos no início do ano letivo. Eugene Simonet é professor de Estudos Sociais e durante suas aulas fez um desafio aos alunos: deveriam desenvolver um trabalho com o objetivo de mudar o mundo. Era uma proposta que instigava uma participação mais ativa no mundo onde viviam para deixá-lo melhor. Todos trouxeram ideias, algumas até interessantes, outras nem tanto. Um de seus alunos, porém, Trevor McKinney, se destacou, criando um jogo em que a pessoa, a cada favor recebido, tinha de retribuir para outras três pessoas, e assim sucessivamente. Seu trabalho tinha como base transformar a vida das pessoas, ou seja, mudar realmente o mundo. Ele o chamou de Pay it forward (“Passe adiante”). 



O que fiz.

Sei que os melhores gestos de bondade são aqueles em que as pessoas que os recebem nem ficam sabendo quem os ajudou.
Vou citar alguns gestos que fiz apenas para dar o exemplo de que podemos ajudar mesmo sem valores financeiros.
Eu sempre ajudei escolas, universidades e ONGS com palestras gratuitas. Fiz, faço e continuarei fazendo por toda vida. Nem conto este gesto como um dos 3 da corrente do bem. O pouco que fiz a mais, segue abaixo:

1. Troquei de garagem. Minha cidade chove bastante e moro em um prédio novo onde as garagens ainda não são cobertas. Por sorteio, a minha vaga ficou em frente a porta de entrada do prédio. Soube que um casal de médicos, meus vizinhos estavam de bebê novo, uma linda menina, a Maria Isis e ofereci trocar de vaga de garagem. A deles ficava a mais de 50 metros da porta de entrada.

 2. Perdoei uma dívida. Além de palestras de motivação, felicidade e linguagem corporal ajudo empresas a melhorarem seus resultados através de consultoria com foco em lucratividade. Um de meus clientes entrou em dificuldade financeira e começou a atrasar os pagamentos. Eu fui até ele, perdoei toda a dívida e propus um outro modelo de trabalho que o ajudou muito a melhorar os resultados.

3. Ajudei uma amiga. Uma amiga me procurou desesperada, sua empresa estava a ponto de fechar, acumulando dívidas e mais dívidas. Ela mesma começava a perder as esperanças e não tinha a menor possibilidade de pagar por uma consultoria. Mesmo assim, eu e minha esposa iniciamos o trabalho e conseguimos uma das maiores guinadas nos negócios. Em alguns meses a empresa zerou as dívidas e hoje passa por reformas para ser repaginada.  

O que achou? Vamos passar essa ideia em frente e construirmos uma verdadeira corrente do bem?



Conteúdo Completo

Como sentir uma felicidade tão intensa quanto a de um atleta que conquista uma medalha nas olimpíadas?

Seu comentário

O que podemos aprender sobre felicidade com Felipe Wu,primeiro brasileiro a ganhar uma medalha na Olimpíada Rio 2016






Os cientistas descobriram que algumas de nossas expressões e gestos são heranças inatas, ou seja, não aprendemos com a cultura ou costumes da nossa comunidade, já nascemos sabendo.


Esse gesto de “V” é percebido inclusive na vitória de atletas que nasceram cegos e nunca viram qualquer pessoa fazendo-o.
Claro que como todo brasileiro, espero ver nessas olimpíadas, muitos desses gestos entre os nossos atletas.

Deixando um pouco o lado torcedor, o momento de Felipe Wu e dos demais atletas vencedores é um bom exemplo de uma explosão de felicidade.

Numa fração de segundos nosso cérebro produz uma enxurrada de dopamina, serotonina e endorfina. Esses neurotransmissores turbinam nosso cérebro de sensações de prazer e bem estar. E como nos fazem sentir uma forte emoção, guardamos para o resto da vida este momento em nossa memória.

Sim a emoção, boa ou má, nos faz gravar muito mais. Quanto maior for a intensidade da emoção, mais lembrada ela se tornará.
Por isso conquistar uma medalha é algo tão marcante. Há muita emoção envolvida. O atleta representa o seu pais, vê naquele momento todo o esforço, superação e determinação de anos valer a pena. Passa um filme na cabeça e logo o atleta passa a projetar um futuro ainda melhor.

Sem dúvida alguma esse momento gera uma explosão de felicidade e com isso nos vem logo uma pergunta.

É possível experimentar um momento tão intenso de felicidade sem conquistar uma medalha?

Sim. Em várias pesquisas que realizo, o momento de explosão de felicidade mais citado é geralmente o nascimento de um filho. Há quem cite também pequenas conquistas como ser selecionado a um emprego, o casamento, ou um momento cheio de significado como reunir ou reencontrar a família.

Ao sentir, cada um de nós sabe identificar o grau de intensidade da felicidade.  Assim como um atleta que ganhou o bronze pode se sentir mais feliz do que o medalhista de ouro.

Enfim, como sentir uma momento tão intenso de felicidade?

Uma boa dica é se entregar ao momento, viver cada minuto como se fosse único. Difícil, né?  Então vamos a prática.
Cultivar conscientemente a sua felicidade será mais produtivo. Como?
Mude seu conceito. Ai invés de procurar a felicidade, passe a cultivá-la.

Os cientistas descobriram que a felicidade autêntica deriva de 3 sentimentos.

Emoções positivas

Procure viver experiências que lhe fazem bem. Converse com pessoas que lhe façam bem, procure atividades que lhe deem prazer. A proporção ideal é 3x1. 3 ou mais emoções positivas para cada 1 negativa. Isso tem um impacto tremendo na sua vida.

Engajamento ou fluxo

Quando estamos engajados em um trabalho ou atividade, como pintar, cantar, praticar exercícios, cozinhar ou qualquer outra num nível de intensidade elevado temos uma experiência de “fluxo”. Nesses momentos estamos tão imersos na atividade que perdemos a fome, a noção do tempo e temos um resultado excepcional.
Você já paro pra pensar em quais atividades lhe dão essa sensação de fluxo? Identifique e procure fazê-las por mais vezes.

Propósito de vida

Cultivar emoções positivas e procurar sentir a sensação de fluxo já vão turbinar a nossa felicidade, mas ela se tornará mais completa ao encontrarmos um propósito em nossa vida, uma causa maior que nós mesmos.
Algo que podemos fazer para melhorar o mundo ou a vida das pessoas. A combinação dessas 3 coisas fará com que a gente viva não apenas momentos de explosão de felicidade, mas que sejamos muito mais felizes.

Fácil? Nem um pouco. Mas o primeiro passo é conhecer. E agora que você já sabe, vamos dar o segundo passo. Começar a praticar. Conte comigo nessa jornada. 
Conteúdo Completo

A Linguagem Corporal da Sedução

14 comments

Como tudo começa
A distância uma mulher olha na direção de um rapaz que acaba de entrar na festa. Como a visão feminina é panorâmica, seu cérebro em uma fração de segundos literalmente escaneia o pretendente.
Procura sinais de masculinidade. Queixo, maxilar e ombros largos. Braços fortes, altura. Quanto mais alto é um homem, mas atraente ele parece para as mulheres.
Calcula proporção e distância entre os olhos, altura da testa, simetria entre os dois lados do rosto, ausência de manchas na pele. Sinais de saúde que indicam bons genes.
Busca símbolos de status como relógio, celular, óculos escuro, etc. Pois segurança financeira pode garantir mais proteção e segurança aos futuros filhos.
Confere a proporção ideal de cintura se corresponde a 90% do diâmetro do quadril. Para um rapaz verificar se está próximo dessa proporção, meça o seu quadril e multiplique por 0,9. O resultado é a dimensão ideal da sua cintura. Quanto mais próxima dela, mais atraente será.
Verifica o volume das genitálias. Acredite, segundo pesquisas, mesmo as freiras fazem isso.
Observa se a roupa está bem passada, se o sapato está bem cuidado, se há equilíbrio nas cores. A retina dos olhos femininos possui mais células cones. Para elas as cores brilham e possuem muitas matizes e tonalidades.
Investiga se o rapaz usa aliança ou se está acompanhado. Se estiver, escaneia a acompanhante. Sendo bonita e elegante atribui ainda mais pontos ao pretendente.
Tudo isso não leva mais de 1 segundo. E então a moça sorri discretamente.
Se ao sorrir, não mostrar os dentes e não baixar o queixo, o sinal é vermelho. Como se dissesse: Bem, há coisa melhor na festa. 
Se ao sorrir, ela mostrar um pouco os dentes e baixar levemente o queixo, mantendo os olhos no pretendente, está dando o primeiro sinal verde. Como se dissesse, até que você é bem interessante, bem que poderíamos nos conhecer melhor.
Todas as amigas, inconscientemente, percebem o sinal verde. O Homem não.
A maioria dos homens não sabe diferenciar sequer um sorriso verdadeiro de um falso. Imagine um sorriso com boas ou más intenções. Apenas 1 homem em cada 30 sabe ler os sinais femininos

Sinais verdes de sedução masculin

1) Afastar os pés. O gesto é primitivo e apesar de hoje usarmos roupas, o objetivo dele é expor as genitálias. O tamanho dos digamos “ atributos” masculinos foram sim um claro diferencial na evolução. Uma prova disso é que outros primatas como os Gorilas são muito maiores que um ser humano e possuem genitálias menores. Os macacos de maneira geral utilizam o mesmo gesto.

2) Posição do cowboy americano, mão na cintura, de forma a chamar atenção para suas genitálias.

3) Estufar o peito e afastar os cotovelos. Assim os homens parecem maiores e mais confiantes. O mesmo gesto é observado na corte de vários outros animais, entre aves e mamíferos.

4) Ressaltar o polegar. Seja fazendo o sinal de positivo aos amigos, colocando a mão no bolso com o polegar para fora, cruzando os braços ou gesticulando com o polegar erguido.  Ressaltar o polegar é demonstrar autoridade, dominação. 

Lembre que boa parte da evolução da humanidade se deveu ao polegar opositor. Ele nos permitiu segurar ferramentas, desenvolver nossa coordenação motora e nosso cérebro. Com toda certeza também participou na seleção natural.

5) Baixar levemente o queixo e manter os olhos semisserrados direcionados para a pretendente. Assim como fazíamos ao fitar uma presa na floresta.

6) Demonstrar status. Falando dos seus feitos esportivos, da potencia do carro, de suas ideias, dos negócios que fechou, das viagens que fez, prêmios que recebeu, novas piadas, etc

7) Engrossar a voz. Mais um sinal de autoridade e masculinidade.

8) Toques ou esbarrões involuntários. Ao sentar ao lado ou gesticular o homem pode tocar acidentalmente a pessoa que mais lhe interessa.

Sinais verdes de sedução feminina

Olhar Fatal Feminino

São tantos que dariam um livro. Destacamos aqui os mais importantes.

1) Olhar fatal feminino. Baixando o queixo e olhando para cima, meio de lado, permitindo que seja visto o branco dos olhos.

2) Quebrar o pulso. Uma demonstração instintiva de submissão e feminilidade. E se a moça mostrar a parte interna do pulso durante a conversa, o sinal verde será duplo. A parte interna dos nossos pulsos estão entre as mais delicadas do nosso corpo. Mostrá-las é um forte sinal de sedução das mulheres. O gesto é muito feminino, pois a rotação do braço das mulheres é para o lado de fora. Já a rotação do braço masculino é para dentro, pois caçávamos com arco e flecha, lanças e clavas. Dessa forma para um homem mostrar a parte interna do pulso é muito mais difícil.
3) Tocar o cabelo. O cabelo é uma importante arma de sedução feminina. Não é a toa que em alguns países do oriente médio o cabelo das mulheres é coberto, assim como também são encobertas as madeixas de freiras. Quando a mulher passar a mão no cabelo para prendê-lo atrás da orelha é como se dissesse “ me interesso pelo que você diz”. Instintivamente esta se preparando para ouvir melhor.
4) Balançar os cabelos. Ao alisar os cabelos para trás, os braços femininos provocam atrito nas axilas, exalando seu cheiro como arma de sedução.

5) Inclinar a cabeça para o lado demonstra interesse e leve submissão. Se inclinar para o lado direito transmite também confiança, para esquerda revela-se mais atraente.  Outro sinal verde para os homens tomarem a iniciativa.

6) Tocar, morder ou lamber os lábios, principalmente quando a mulher estiver apenas ouvindo.

 7) Dilatar a pupila, ato feito pelo nosso sistema nervoso autônomo. Não temos controle sobre isso. Se olharmos para algo que nos atraia sexualmente ou nos chame bastante atenção, a pupila dilata-se naturamente. Nosso cérebro sabe disso. Homens e mulheres com a pupilas dilatadas são vistos pelo sexo oposto como mais atraentes. Uma dica é retocar sua foto no perfil do facebook. Dilate mesmo que artificialmente sua pupila e será visto como mais atraente.

8) Cruzar as pernas. A cruzada de pernas excita os homens e mantê-las cruzadas também é muito sedutor. Ao cruzar as pernas a mulher está valorizando o tônus muscular da coxa e destacando uma região onde a pele é macia e livre de pelos. Além disso, de pernas cruzadas a mulher transmite a mensagem de mulher reservada e consequentemente mais fiel.

 9)Tirar e colocar o pé nos sapato. Ordenando este movimento, o cérebro inconsciente entrega o que deseja fazer de fato.

 10) Realçar a curvatura do quadril ao colocar a mão nele e depositar o peso sobre uma das pernas

11) Em pé, com o peso em apenas uma das pernas, as mulheres apontam com a ponta do pé livre para os homens que mais a interessam.

12) Girar a pélvis da direção da pélvis do pretendente. Por mais que o rosto esteja virado para outra pessoa é a pélvis que indica o interesse.

13) A bolsa é como se fosse uma extensão do corpo feminino. Se ela deixar sua bolsa próximo de um dos rapazes as chances de estar interessada nele são muito grandes.

14) Deslizar a mão sobre o próprio vestido ou a roupa que está usando. A mulher, inconsciente, demonstra como quer ser tocada. 

15) Abraço onde a mulher permite que sua barriga toque a barriga do rapaz. Outro ótimo sinal verde. Quando não conhecemos uma pessoa, até podemos aceitar um abraço, mas não permitimos que as barrigas se toquem.  Este é o abraço mais íntimo.

16) Acariciar objetos cilíndricos que lembrem o falo, como a base da taça de vinho, isqueiro, etc.

17)Toques ou esbarrões involuntários. Podem parecer acidentais, mas eles acontecem principalmente se a mulher tiver interesse em um determinado rapaz. Logo é mais uma estratégia do cérebro para sentir a textura e temperatura da pele e tônus muscular do pretendente.

18) Audição ativa. A mulher vira-se para ouvir, mantém bastante contato visual e ainda acena com a cabeça como se concordasse, além de fazer caras e bocas de acordo com o que está ouvido.

19) Qualquer gesto de ajustar a roupa é uma maneira de se fazer mais sexy para outra pessoa.

20) Mostrar as axilas é muito sensual para os homens, alem de exalar odores femininos. O gesto é feito de maneira disfarçada. A mulher encontra uma maneira de amarrar ou ajeitar o cabelo de maneira que exponha suas axilas.

21) Mostrar o pescoço ou envolvê-lo com o cabelo ou passar o cabelo entre os lábios, são outros exemplos de sinais sutis de sedução feminina.


Resumo dos sinais corretos da sedução
As mulheres devem passar igualdade e submissão.
Os homens igualdade, autoridade e um certo ar de mistério.


Para saber mais
 







Onde comprar na internet O Livro Mais Incrível de Automotivação e Linguagem Corporal



Conteúdo Completo